Você sabe o que é audismo? E o que tem a ver com surdez? Sua escrita se assemelha à palavra autismo, mas essas palavras tem significados bem diferentes. 

Esse termo surgiu através do pesquisador surdo Tom Humphries

“o audismo é a forma de dominação dos ouvintes, reestruturando e exercendo a autoridade sobre a comunidade surda (PADDEN & HUMPHRIES, 1990).

Audismo é uma forma de preconceito que pode estar presente em qualquer ambiente como escolas, família, trabalho etc. As vítimas do audismo são os surdos. Eles enfrentam diariamente frases pejorativas e situações em que os ouvintes tentam tomar o lugar de fala dos surdos, por exemplo, quando dizem:

  • os surdos não gostam disso ou daquilo, não sabem fazer isso ou aquilo.

Audismo também tem relação com o privilégio ouvinte, pois vivemos em mundo majoritariamente ouvinte, ou seja, as pessoas que ouvem facilmente tem acesso à informação nos hospitais, escolas, rádio, TV e diversos meios de comunicação.

Um surdo que precisa entrar no apartamento e precisa tocar o interfone, como vai se comunicar?

Um surdo que precisa ir à delegacia, correio, hospital ou qualquer outro lugar público será que vai ter intérprete lá para intermediar a comunicação e passar as informações que o surdo precisa?

Será que os surdos teriam a mesma oportunidade que os ouvintes tem em vagas de emprego? Até hoje há preconceitos, pessoas ouvintes que pensam que os surdos são burros. O privilégio ouvinte priva os surdos de muitas oportunidades que estão disponíveis apenas através do som. 

Por fim, você e eu como ouvintes temos o dever de respeitar a comunidade surda, sua história e suas lutas. Aprenda Libras para se comunicar, para espalhar conhecimento, para dar oportunidades aos surdos, para se tornar um intérprete e trazer mais acessibilidade ao nosso país, e NÃO para tomar o lugar deles.

Agora, tome cuidado para não confundir a palavra audismo com autismo, esta última conhecida atualmente como TEA – transtorno do espectro autista, é um transtorno que compromete a comunicação e interação social. Então, audismo e autismo são termos completamente diferentes não é mesmo?! Fique atento!